1.6.05

I remember when the rock was young




E em 1974 eu queria me casar com o Elton John!!!

Inacreditável? Eu gostava das músicas, dos baladões, do piano e, claro, daquele jeito exuberante do gorducho. Aos treze anos, naquele tempo, não se comprendia a razão de tanto histrionismo....

Meu amor foi sepultado mesmo depois que ele transformou "Candle in the Wind", música feita pra Marilyn Monroe, em "Goodbye, English Rose", pra perua da Lady Di. Aí foi boiolice demais até pra mim. Gay inglês, agora, só o Ruppert Everett!



3 comentários:

Ju disse...

Ótimo!
Hehehehe

Rosane Serro disse...

Pronto, Olguinha, já que não combinamos nos botecos combinamos na paixonite adolescente. Eu também ADORAVA Elton John e fiquei magoadíssima e sentidíssima - como não sabia disso??? - quando uma menina do colégio, fã de Alice Cooper, disse que o verdadeiro nome dele era Reginald. R-E-G-I-N-A-L-D! Confesso que aquilo me abalou... Depois larguei ele pelo John Lennon e a vida seguiu seu rumo.

Olga disse...

Reginald Kenneth Dwight. Eu assinava Olga de Mello Dwight.