2.7.06


Um dos poucos não-apáticos do time. Dizem que foi o único a chorar. Robinho é tão gracinha, a carinha da Dayanne dos Santos... Veloz, animado. Realmente, não combinava com o time do Epitáfio. Aliás, esta música zen é a cara do Parreira, né?

2 comentários:

Jôka P. disse...

Olga, é muito discutível achar a carinha da Daienne dos Santos uma gracinha.
:)
Bjs!

Olga disse...

Acho uma gracinha no Robinho, Jôka!
Bj!