29.12.08

Freud nunca me explica

Tive uma ex-terapeuta linda e metida a íntima demais. Queria que eu trocasse uma blusa que eu vestira pelo avesso na frente dela. Atendia em casa. E era síndica do próprio prédio, onde morava uma de minhas grandes amigas. Não combina com terapeuta ser síndica do prédio. Nem morar no prédio de nossos amigos.
Minha outra ex-terapeuta era uma figura maternal. Muito boa, muito legal. Morria de medo dela, daqueles olhinhos azuis brabos. Só uma vez tive coragem de usar o banheiro do consultório.
Pra nenhuma das duas eu contava mais que pequenos fragmentos de minha vida.
Desisti de ser cabeça, faltava a tantas sessões.
Depois pagava, claro.
Definitivamente, não confio nem em psicanálise.

9 comentários:

paçoca disse...

Olga, só hoje li seu post sobre os melhores livros do ano para você. Fiquei muito curiosa. O problema é que numa das minhas listinhas de ano novo eu resolvi que este ano não compraria mais nenhum livro, porque já tenho muitos me esperando. Depois que me prometi isto ando sempre com um caderninho para não esquecer boas sugestões para quando puder comprá-los. Beijo da paçoca

Olga disse...

Volte sempre, Paçoca! Ah, este post foi inspirado na foto do divã do seu blog, claro.
beijo

milena disse...

Olga, eu não li nenhum livro dos seus preferidos... nossa! é difícil demais ler todos os livros que desejamos... eu estou, neste fim de ano, fazendo como vc: fugindo de tudo e de todos e lendo na minha rede os livros que planejei ler... mas foram tantos! não vai dar tempo! daqui a pouco serei engolida outra vez pelos milhares de compromisso, então me resta...

desejar um ano novo com dias bem longos e com muitas escapadas para o cinema, para os livros, para o teatro... tudo isto para nós!

Um grande abraço, Olga! Que os anos estiquem, estiquem, porque o tempo é sempre pouco mesmo!

Kristal disse...

A minha ex-terapeuta era uma ex-freira lésbica que se apaixonou por mim.

Jôka P. disse...

A minha ex-terapeuta Irene é mãe da Paula e sogra do Caetano. Ou ex-sogra. A Paula é ex-Paula ? E o Caetano é ex-Caetano ?
Ex-beijos.

Olga disse...

Jôka, ex=beijos nem pensar!!!! ever-beijos, isso sim!!!

Olga disse...

Kristal, minhas ex-terapeutas não professavam qualquer religiosismos, nem nutriam paixão por mim. Tristeza, não rolou nem transferência...
Mas ainda arrumo um ex-terapeuta ex-padre.

Olga disse...

Milena, um ano bem extenso é o que nós merecemos mesmo, né?
Beijo enorme!!!!

tertulías disse...

é... terapeuta e síndica... que combinacao danada, hein?????