20.1.09

Da série Meu passado me condena


Todos têm um fato que deveria permanecer obscuro no passsado, mas que, vez por outra, assoma e revela os esqueletos enfurnados em armários poeirentos.
Tem gente que já gostou de Wanderley Cardoso, de Michael Jackson cantando Ben, de Diana Ross, de baladas de Lionel Richie. Eu gostava do Elton John. Já era iniciada no rock'n'roll, gostava de Cat Stevens e dos inevitáveis Carole King-James Taylor-Carly Simon. E dos Beatles, dos Rolling Stones, de Carlos Santana, Chuck Berry, Little Richard. Aos 12, 13 anos, achei que precisava me apaixonar por um roqueiro mais atual. Como boa menina católica e culpada previamente, ele tinha que ser solteiro. Escolhi, então, o pianista de cabelos verdes, o que já demonstrava minha afinidade com os gays.
Portas de armários abertas, hoje, Sir Reginald Kenneth Dwight não me levaria à Apoteose, não.
Vi o show de São Paulo pela TV, cantei quase tudo para espanto de meu filho. E convenhamos, Sir Reggie não ficou um gorduchinho muito fofinho? Ele parece um ursinho!!!! Uma graça!!! E ainda toca um pianão. Agora, a Nigel Olsson, o baterista que teve longos cabelos negros e lisos ficou gorducho como o patrão, grisalho, sorridente, parecendo aqueles senhores que tomam cerveja no boteco com os amigos, no fim de semana desde a manhã. Davey Johnstone, o guitarrista, pouco mudou. Continua magérrimo, altíssimo, feíssimo. Mas Elton, com uma indumentária até discreta, se comparada às fatiotas dos velhos tempos, estava ótimo!!!
E vamos lá, quem não gosta de Bennie and the Jets, Philadelphia Freedom, Rocket Man, Daniel e Your Song? Todos têm um esqueleto no armário. O meu é bem fornido, mais pra urso de pelúcia.

3 comentários:

Jôka P. disse...

Eu gostava da Diana Ross e da Donna Summer.

milena disse...

Olga, Olga,

eu gostava dos Engenheiros do Havai! Achava que eles eram o melhor grupo do mundo! E Elton John, ouvi tão pouco... ai ai!

Um beijo.

FreakShowBusiness disse...

Ele tem mais coisas que eu não gosto do que coisas que eu gosto. Mas, as que eu gosto, eu adoro e reverencio.