15.4.09


A futilidade social de nossa época tornou o envelhecimento uma espécie de falha de caráter. Da mesma maneira que os gordos, os velhos são objeto de repugnância e escárnio por gente que já envelheceu fingindo manter a chama da eterna juventude para faturar mais um dinheirinho ou entronizar-se em posições de poder.

A distorção moral que nos assola produz aberrações visuais. É um monte de gente mutilando órgãos ou injetando sabe-se lá o quê no corpo para aparentar algo que nunca se recupera. O resultado é lamentável ou apenas ridículo.

Phil Spector, um produtor musical que sempre teve uma tendência à birutice, acaba de ser considerado culpado por um assassinato. Não sei se foi para fazer gênero de maluquinho que ele se apresentou na corte com penteados assustadores, totalmente inadequados a um senhor de 68 anos.

O envelhecimento é feio, concordo. Mesmo quem encontrou a pedra filosofal, como a esplendorosa Sophia Loren, não conseguem impedir totalmente a ação do tempo. Mas daí a bancar ator de filme de Tim Burton há uma grande distância. Vai ver Spector, que produziu muitas estrelas do rock'n'roll, foi condenado porque os jurados ficaram com medo do doido.

Um comentário:

Monica Araujo disse...

Excelente texto Olga.

já refleti bastante sobre qual seria a postura correta ao ficar velha, não queria ter que mudar meu jeito e acho que não mudarei.

Bjs.