17.8.09

Quando você descobriu que envelheceu?

Chegando aos 30, ao perceber que as músicas disco já eram usadas em Flashbacks radiofônicos. É sério, eu estava num McDonald's, comprando lanche para toda a turma do plantão na redação com um colega, de moto (nossa, como eu era intrépida!). E aí ouvi aquela voz melodiosa, sussurando "Saudade não tem idade...", antes de atacar a introdução de um Best of My Love qualquer.
Passando dos 40, a chegada da presbiopia me assombrou. Hoje, enxergo mal de perto e de longe.
Doloroso mesmo, é não reconhecer no espelho a pessoa que habitava o corpo de hoje.
Patético seria o dia de entrar em tratamentos dito rejuvenecedores, que dão a todos fisionomia de peixe inchadinho. Vi um filme recente com Billy Bob Thorton em que a única vida no seu rosto está nos olhos. Acabou sua interpretação de tanto botox. Como tenho alergia a tanta coisa no mundo, jamais poderei eliminar rugas, vincos, manchas, marcas da passagem do tempo. Não que eu seja totalmente contrária aos cuidados e até intervenções para minorar traços indesejáveis. Mas chegamos à loucura absoluta, com mulheres de 30 anos aplicando botox, fios de ouro, colágeno e sei lá mais o que no rosto, meninas de 20 se lipoaspirando. Tem até mulher recém-parida que vai tirar as marcas da gravidez antes da criança ser desmamada (a mulher de um rapper veio fazer isso no Brasil, quando o filho tinha três meses. A amamentação do bebê ficou em segundo plano, claro).

Enquanto vejo meus filhos crescerem lindos, acompanho a transformação de uma sociedade de humanos em plastificados. Daqui a dez anos todo mundo terá as feições da Martha Suplicy. Ou da Dona Marisa Letícia. Ou da Marília Gabriela.
Ah, a dignidade que não veremos mais em damas maltratadas pelo tempo e sorrindo para a vida que se escoa...


Judi Dench e Maggie Smith, às gargalhadas, aos 74 anos.


A Abelha Rainha, Bethânia, majestosa aos 63 anos.


Fernanda Montenegro, uma carioca que chega daqui a pouco aos 80.



Eva Todor, húngara de nascimento, carioca de vida, chegando aos 89 (gracinha, que entrevistei ano passado, lúcida e doce).

4 comentários:

Monica Araujo disse...

Olga,

das plásticas eu tenho muita , muita vontade de fazer os seios e só. No rosto não faria de jeito nenhum pois acho que todos ficam com a cara do mickey rourke .

Tenho ido a academia por conta dos triglicerídeos, colesterol, labirintite e etc... tenho gostado bastante do resultado.

Bjs

tertulías disse...

Engracado, este tema apareceu hoje com uma postagem que fiz... estávamos falando sobre uma senhora (nao posso mencionar o nome) que também envelheceu sem a menor dignidade... toda repuxada... e ela um dia foi tao bonita...

AF STURT disse...

ATE QUE O CABELO BRANCO PARA MARIA BETHANIA FICA SUPER SEX.

http://confionomengao.blogspot.com/search/label/.artigos%20do%20AF%20STURT.
E
http://tudehistoria.blogspot.com/search/label/.Postagens%20do%20AF%20Sturt.

Jôka P. disse...

Tenho medo, pavor da Maria Bethania. Várias vezes tive pesadelos com ela e acordei berrando, tremendo, suando, todo mijado.