25.12.09


Este é um daqueles cartões de Natal que são apresentados na Internet como o primeiro a ser publicado, enviado, distribuído etc.
Precursor ou não deste hábito que caiu em desuso com a comunicação a jato, ele entra aqui para tentar nos fazer recordar aquela deliciosa sensação de havermos, em algum momento, merecido lembranças carinhosas - o que acontecia quando o correio batia à nossa porta.
Sensações que hoje se restringem a tradições ocas e reinam no imaginário erigido pela publicidade.

2 comentários:

Tertúlias... disse...

Uma nota: Nunca pensei que isto voltaria a acontecer mas neste Natal recebi mais de 20 cartoes... o que está acontecendo? voltamos devagar à uma era de mas amabilidade pessoal e nao virtual? Como seria bom...

Olga disse...

Recebi só dois, Ricardo...
Adoro cartões de Natal e acho que até o dia de Reis mando ainda pra algumas pessoas.
Beijo