1.12.09

Shame on you

Gosto muito do Robin Williams, um bom ator, histriônico, caricato, envelhecendo macilento, humorista dos bons. Mas a piadinha sobre o Rio foi infame e arrogante. A gente, com aquela humildade subdesenvolvida, toma cuidado pra fazer este tipo de brincadeira.
Aí, nosso elegantíssimo prefeito decide dar o troco. Lógico que estamos ofendidos, lógico que podemos levar na brincadeira, lógico que podemos responder à altura. Mas jamais um político deveria utilizar uma terminologia tão baixinha. O representante da minha cidade se expressar de forma tão grosseira é nivelar a cidade inteira pela estupidez.
Acho que existem uns momentos de desatino verbal entre nossos políticos. Vide Martha Suplicy, vide o Ciro Gomes. Agora, chegou a vez de Paes.

2 comentários:

Tertúlias... disse...

Olga, conte-me... eu nao estou sabendo nada sobre este caso... O que Robin Williams disse? E quando??? E o nosso elegantíssimo prefeito, o que falou? Curioso estou!!!!!!! beijo Ricardo

Olga disse...

Ricardo, querido, como é bom estar distante desta vidinha...
Robin Williams disse que o Rio ganhou a chance de sediar a Olimpíada porque enquanto os EUA mandaram Oprah e Michelle Obama para Copenhagen, o Brasil mandou toneladas de pó e strippers. Uma piada que mexe com nossos brios, claro. Aí, Eduardo Paes, sempre galante, disse que Williams estava com dor de corno.
Bonito isso, pra um político, não?