30.6.06

No Valor, hoje

Uma matéria fantasmagórica, mas de gente muito viva!

3 comentários:

SilkSatin disse...

Ja trabalhei como ghost writter para um jornalista cuja idade lhe tinha ja roubado a energia para escrever um livro que lhe encomendaram, e escrevendo editoriais para um editor obscuro de uma obscura revista técnica.
Meio chato isso de só ter publicado coisas que escrevi na sombra de outro alguém. Especialmente no tal livro. Um baita trabalho de pesquisa historica, meses escrevendo... sei la. Até hoje fico meio assim. Nunca mais peguei serviço do genero.
Mas na epoca garantiu o leite das crianças... e se rolar a necessidade, faço de novo.

Olga disse...

Fui co-autora de dois livros espíritas.
Mais ghost writing que isso... (rs)
Beijo!

SilkSatin disse...

Rindo muito aqui... adorei o trocadilho!!!