16.7.08

I read the news today, oh, boy!

A gente reclama, reclama, mas, convenhamos, ser pauteiro de jornal no Brasil é uma moleza. Tem assunto todos os dias!!! Semana passada foi o abre e fecha da cadeia pro D.Dantas. Esta semana temos novos presos, novos indiciados, novos escândalos de roubalheira pública, desta vez envolvendo o governo Garotinho/Rosinha!!!
Não chega a ser novidade, dá trabalho é para repórteres e redatores encontrarem chamadas diferentes, mas a verdade é que este país é uma fonte inesgotável de matérias policiais escabrosas.
Na década de 70, meu pai trabalhava na Internacional da Última Hora. Eu me lembro que todas as noites, quando ele chegava em casa, minha mãe perguntava sobre as novas no cenário mundial. Ele dizia "Tudo velho, exceto se golpe de estado na Bolívia for inusitado". Teve uma semana com três golpes na Bolívia.
Aqui, pelo menos, a gente não tem apenas escândalos envolvendo políticos ou punguistas de colarinho branco de roubo. Sempre existe a violência urbana, jogadores de futebol que se envolvem com travestis ou prostitutas...
Chato deve ser fazer jornalismo na Noruega, como disse meu filho Artur, hoje, no café-da-manhã...

PS - E o Cacciola, hein? Quer voltar, mas pediu habeas corpus para não aparecer algemado. Então quer dizer que o assaltante que dá a cara a tapa e intimida, de arma na mão, uma vítima, por sua própria natureza aguerrida e violenta merece a humilhação pública, mas quem rouba sorrateiramente, não? Então, tá.
(Hoje estou furiosa. Gripada, irritada, braba mesmo).

2 comentários:

Miguel Andrade disse...

Olga, minha amiga tava indo morar na suécia e foi lá antes pra alugar casa, etc. Me contou que o principal escândalo político do momento era que a primeira ministra não tinha pagado direitinho os direitos trabalhistas da empregada há 10 anos!!!! Sério!!!!!

Olga disse...

É lógico que há um monte de falcatruas também nesses lugares, mas aqui anda uma bandalheira constante. Nem dá tempo da gente se recuperar de um escândalo e surge outro.