10.9.09

Melhor não comentar


Ando muuuuito enrolada com trabalhos, mas não dá para deixar de fazer uma pausa e refletir sobre a foto acima.
A manifestação era de professores de escolas públicas, que protestavam contra uma ridícula tabela de escalonamentos salariais.
A PM ganha pouco. E os filhos dos PMs, certamente, estudam em escolas públicas.
É só para pensar.
Nem dá pra comentar.

Merece reflexão também a frase publicada no Globo On Line, que talvez nos leve a compreender o desprezo de um servidor do Estado aos professores.
Seguindo o raciocínio de quem produziu a pérola, teria acontecido um caso de total e absoluta negação quanto a atos concretos ou a objetos palpáveis. Praticamente um dilema existencial, inexplicável por nossa vã filosofia:
Na chegada ao Palácio, os manifestantes ofereceram flores aos policiais, mas eles as negaram.




2 comentários:

Anônimo disse...

Também em Portugal se está a viver um ataque aos professores. Não há memória de tal coisa e, pasme-se, a autoria do ataque é pertença de um governo dito de esquerda. Enquanto isso, a corrupção alastra como erva daninha. Portanto, quando põe o seu post no marcador "vida brasileira", suponho que há algo de redutor porque, aqui o filme também está em cartaz.
Abraço
Fernando

tertulías disse...

no comments....