16.1.11

Susannah York

Susannah York era uma daquelas atrizes inglesas que, ao longo dos anos 60 e 70, contracenavam com Dirk Bogarde, Peter O'Toole, Alan Bates ou Albert Finney, sempre louras e lindas, mas não com o mesmo destaque que os superstars britânicos. Foi indicada a um Oscar, ganhou o prêmio de melhor atriz em Cannes, sempre sem sair daquela fronteira que separava - na época - as grandes atrizes do status de celebridade.
Um ícone da Swinging London, era quase como Sarah Miles ("A Filha de Ryan"), um degrau abaixo de Vanessa Redgrave e Julie Christie, três acima de Charlotte Rampling ou Jacqueline Bisset.
Seu último papel de destaque no cinema foi como Lara, a mãe de Jor-El, o Superhomem. O marido em tela era Marlon Brando. Fez teatro, criou filhos e morreu discretamente, aos 72 anos.
Nas fotos de jovenzinha lembra um pouco a Goldie Hawn daquelas priscas eras.

2 comentários:

Kristal disse...

Olga, eu estou parecendo a avó da Goldie Hawn.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Vi um dia desses "A Noite dos Desesperados". Uma grande interpretação de York. Está também perfeita em "Freud, Além da Alma". Mas alguma coisa não deu certo e Miss York se perdeu no caminho.
Parabéns pelo post.

www.ofalcaomaltes.blogspot.com