23.7.09

Cantinho do Consumidor

Na outra encarnação eu fui daquelas funcionárias públicas que olhava o cidadão por cima dos óculos para presbiopia, com cigarro nos lábios e um ar de total desdém pela causa apresentada. Só isso justifica meus padecimentos com operadoras de serviços que não são prestados condignamente.
Na verdade, todos têm um pecado comum no qual incorri: atraso de pagamento. Atrasei, paguei fora do prazo, o telefone foi cortado para ligações por um dia, avisei que já havia pago e recebi o prazo de religação em 4 horas. Se nada acontecesse até então, que eu informasse à empresa.
Assim o fiz. E aí soube que:
1) o processo de religação já fora iniciado, mas por erro do sistema, interrompido;
2) quando o processo é interrompido por erro de sistema, o prazo é automaticamente estendido para mais quatro horas;
3) um supervisor fará a religação em dez minutos, se tal não ocorrer, o prazo é automaticamente estendido para mais 24 horas a partir da abertura do processo;
4) o sistema não consegue desbloquear contas do Oi Fixo se o assinante tem um Oi Conta Total;
5) o Oi Conta Total não tem como entrar nas contas do Oi Fixo;
6) a equipe técnica é que resolve esses problemas;
7) a equipe técnica não tem nada a ver com tais problemas do sistema acionado automaticamente por computador;
8) abre-se um pedido de reparo técnico de qualquer maneira;
9) se o seu aparelho é sem fio (não é), ligado em rede (não é), utiliza Velox (não utiliza), tem identificador de chamadas (não tem) pode impedir a religação da linha;
10) doze telefonemas e vinte horas mais tarde, o telefone volta a funcionar perfeitamente.

A verdade? Eu caí no buraco negro das reclamações de consumidores brasileiros, aqueles que precisam de uma imensa pachorra para alcançar um estágio de alma elevadíssimo e não se importar com o desconforto de depender da tecnologia de ponta.

Perguntas? Muitas. Entre elas QUAL É O TIPO DE TREINAMENTO QUE RECEBE ESTE PESSOAL DE ATENDIMENTO??? Para obter alguma resposta que faça sentido, a gente pena.
Eu tenho certeza que o inferno é administrado por algum ex-gerente da Telemar. Ou da Net.

5 comentários:

tertulías disse...

:-))
Nao o inferno deve administrado por um ex perticipante do governo austríaco...

Olga disse...

Ai, Ricardo, será que eles são tão confusos aí como aqui??? Me parece que a Áustria deve ser tão certinha...
beijo

Patty disse...

Seu cantinho é uma graça e concordo plenamente com vc ! rsrsrsr....Um gde abraço

Monica Araujo disse...

Olga minha querida, é pura má fé da empresa, pode ter certeza amiga.

Beijos!!!!!!!!!!!!!!

Mosca disse...

O melhor é você ir a uma loja da Oi resolver um problema do celular, e o atendente dizer: Isso você tem que resolver pelo atendimento telefônico - não temos acesso ao sistema.